Inovação tecnológica para pequeno produtor ManejeBem

Inovação tecnológica para pequeno produtor

A inovação tecnológica para pequeno produtor, vem proporcionando assistência técnica agrícola de qualidade a agricultores, que até então viviam na precariedade. Essas orientações beneficiam essas famílias em todos os sentidos, promovendo uma vida mais digna, facilitando seu trabalho que é a fonte do seu sustento.

O setor “AGRO” é um dos pilares da economia de qualquer país, todo esse setor precisa de infraestrutura e tecnologia para funcionar com equilíbrio e pra isso é necessário estratégia inteligente que viabiliza a informação pra todos. Com o progresso das tecnologias, o conhecimento e a informação estão hoje na palma de nossas mãos, sendo aplicados em todos os segmentos agrícolas.

A agricultura digital surge com o “boom” tecnológico onde celulares, smartphones e a internet se tornaram ferramentas básicas de trabalho e saíram da classificação de artigos de luxo, o que facilitou o acesso à informação de qualquer tipo e comunicação entre pessoas. Pessoas e informação de qualquer lugar e momento, formando conhecimento e sabedoria que são aplicados na gestão da propriedade, cultura, variações sazonais, solo, clima, fornecedores ou compradores.

Inovação tecnológica para pequeno produtor na agricultura digital

A agricultura digital atua agregando valor em toda cadeia produtiva – antes, durante e depois da produção. Tecnologias como mapa de cálculo de rendimento, sistema de orientação GPS e GNSS, variação em taxas de aplicações, são classificadas como agricultura de precisão e agricultura digital.

Tecnologias digitais como plataformas de comércio online (e-commerce), serviços de extensão (e-ATER ou ATER digital), registro online de insumos/fornecedores/compradores, sistemas de rastreamento, aplicativos de aluguel de trator, etc. são considerados como agricultura digital, mas não agricultura de precisão.

Agricultura de precisão são as práticas que asseguram as condições ideais a lavoura, baseados no princípio da variabilidade do solo e clima e com as novas tecnologias, isso pode ser feito na integra.

Inovação tecnológica para assistência técnica agrícola

A ManejeBem, estando sempre à frente do que há de inovador e visando facilitar a assistência técnica agrícola, desenvolveu uma tecnologia, em forma de aplicativo, que proporciona agricultura de precisão a todos os tipos de famílias de produção em diversificados territórios, proporcionando equidade e oportunidade de autossuficiência.

Com a tecnologia ManejeBem (Manejechat), consegue-se dar assistência técnica agrícola de qualidade, tirando dúvidas com profissionais, enviando conteúdos semanais sobre manejos e coletando dados da agricultura familiar. Com esses dados planeja-se ações de desenvolvimento rural, criando estratégias personalizadas para cada situação.

O ManejeChat, utiliza um chat direto com o agricultor e um modelo para registro e armazenamento dos atendimentos. Com esta ferramenta, consegue-se aumentar em 300% a capacidade do trabalho de técnicos no campo e elevar o número de agricultores conectados com uma assistência agrícola diária e de qualidade.

Entre em contato agora mesmo para saber mais

Software para assistência técnica agrícola que efetua a estruturação das cadeias
produtivas agrícolas para indústria e promove a coleta de dados sociais, ambientais e econômicos de comunidades rurais familiares.

A ManejeBem é Empresa B, pelo mundo e por você

Serviços e inovação tecnológica para pequeno produtor no Brasil

Acre (AC)
Alagoas (AL)
Amapá (AP)
Amazonas (AM)
Bahia (BA)
Ceará (CE)
Distrito Federal (DF)
Espírito Santo (ES)
Goiás (GO)

Maranhão (MA)
Mato Grosso (MT)
Mato Grosso do Sul (MS)
Minas Gerais (MG)
Pará (PA)
Paraíba (PB)
Paraná (PR)
Pernambuco (PE)
Piauí (PI)

Rio de Janeiro (RJ)
Rio Grande do Norte (RN)
Rio Grande do Sul (RS)
Rondônia (RO)
Roraima (RR)
Santa Catarina (SC)
São Paulo (SP)
Sergipe (SE)
Tocantins (TO)

Clientes e Parceiros

O que é Sustentabilidade?

ManejeChat

Software para assistência técnica agrícola que conecta o produtor familiar à indústria
e promove a coleta de dados sociais, ambientais e econômicos de comunidades rurais.

Newsletter